terça-feira, 9 de outubro de 2012

uma ilha chamada livro, heloísa seixas



na croniqueta desta semana eu conto um fato sobre minha relação com este livro. 
até chegar a sexta-feira, então, lanço três pequenos trechos do mesmo:

"a arte é quase sempre a transformação da dor";

"a vida real é às vezes muito maior do que a ficção";

"alguém já disse que quando um leitor se senta para ler um livro, são duas solidões que se encontram".

ítalo. 

2 comentários:

Anônimo disse...

esse livro e muito bom minha pro passo uma tarefa pr mim sobre esse livro e eu gosti muito mesmo!!!!!!!!

Anônimo disse...

gosto muitop de ler e essse livro e uma liçao de vida \0/.....