terça-feira, 8 de março de 2011

mas chegou o carnaval...

...e ela não desfilou.

e eu quase choro sempre que ouço a letra dessa música. seja na voz do benito di paula. seja na versão mais batida lindamente gritada pelo zeca baleiro.

ficam as duas aí para apreciação. e para muitas lágrimas. por que que história é essa?

retalhos de cetim


Ensaiei meu samba o ano inteiro,
Comprei surdo e tamborim.
Gastei tudo em fantasia,
Era só o que eu queria.
E ela jurou desfilar pra mim,
Minha escola estava tão bonita.
Era tudo o que eu queria ver,
Em retalhos de cetim.
Eu dormi o ano inteiro,
E ela jurou desfilar pra mim.
Mas chegou o carnaval,
E ela não desfilou,
Eu chorei na avenida, eu chorei.
Não pensei que mentia a cabrocha,que eu tanto amei.








í.ta**

7 comentários:

Carol Rosa disse...

...é mesmo triste e tão bonito e se elas mentem é por isso...

bjo!

Raquel disse...

Benito de Paula me faz lembrar de bons momentos familiares e com meus amigos.
eu adoro ouvir, e as vezes sofro com a letra das músicas cheias de emoção a flor da pele.

Si Fernandes disse...

Geniais, Benito e Baleiro.
Adorei.
Bj

Dilberto L. Rosa disse...

Concordo com a Raquel: o mais que subestimado (e injustamente esquecido) Benito diPaula sempre me traz boas lembranças familiares, de domingão reunido e LP rodando na vitrola... Belíssimo 'post', meu caro sumido (teriam sido as provocações ao rubro-negro, Batman?!)!

P.S.: desconhecia e detestei a "releitura" (odeio este termo!) do Zeca - novas versões geralmente são infelizmente pífias diante dos originais (o Baleiro acabou com a melancolia da canção!)!

Marcio Nicolau disse...

atualizando a leitura aqui, Ita.

Deixei um comentário abaixo.

Um abraço.

Anônimo disse...

...lindas músicas essas que fazem verter lágrimas...

amanda

Rubens da Cunha disse...

grande canção popular...