domingo, 2 de agosto de 2009

o que trouxe de lá

"fez que foi, não foi, mas acabou indo". diz um ditado do futebol para quando o jogador aplica um determinado drible no adversário, em que aquele engana este da direção para a qual irá com a bola. e diz um jogador de futebol também assim: "a bola foi fondo, foi fondo, foi fondo, e iu". tá, mas sobre isto, não tenho nem o que falar.
o fato é: no cole havia uma espécie de "feira do livro", com livros de tudo quanto é tipo, especialmente os voltados para a questão da leitura (ou seja, os mais teóricos). mas havia também muita coisa de literatura (tá certo que muito desses últimos best-sellers e outras inutilidades literárias).
mas o fato, mesmo, sobre o qual quero aqui escrever, é que, desde o primeiro dia em que circulei por aqueles livros, fui anotando num bloquinho aqueles que mais me interessavam. mas dizia a mim mesmo que ali não compraria nenhum. que os anotaria para em outra oportunidade, já melhor financeiramente, adquiri-los. e assim fui até o último dia de congresso, a sexta-feira, em que resolvi dar uma última olhada nos livros. aí a casa caiu. não teve jeito. eram ofertas maravilhosas, que eu não encontraria depois quando quisesse novamente aqueles livros. resultado um: caí em tentação. resultado dois: tô endividado.
e aqui estão os benditos que trouxe de lá: (clicando sobre eles, é possível saber um pouco mais)
* o arminho dorme, do xosé antonio neira cruz. este eu já li. é maravilhosamente bem escrito. apresenta uma contextualização história importantíssima. a história se passa no século xvi, no seio de uma família italiana riquíssima. e é a história sobre uma personagem em especial, a bia, abreviação de bianca. o crescimento dessa menina, as mudanças pelas quais ela passou, e o que o seu futuro lhe guardava: um amor, e uma outra coisa. nem sempre ambos andam juntos.
* pensar a leitura: complexidade, organizado pela eliana yunes.
* leitura, literatura e escola: sobre a formação do gosto, da maria do rosário mortatti magnani.
* mediação de leitura: discussões e alternativas para a formação de leitores, organizado por fabiano dos santos, josé castilho marques neto, e tania m. k. rösing.
pronto, era isto.
sintam-se à vontade para comentar estas referências.
í.ta**

5 comentários:

Í.ta** disse...

eu não sei o porquê, mas não consigo fazer os posts com espaço entre os parágrafos.
na hora de escrever, no corpo do texto, dou o espaço, pulo até duas linhas, mas nada. quando postado, fica assim, tudo junto, o que dificulta a leitura.
haverei de conseguir mudar isso, um dia.

Eduardo Silveira disse...

oi.
Estou aqui de passagem, visitando alguns blogs.
E no seu, bateu uma curiosidade besta: por que vc não usa letras maiúsculas?
hehe, fiquei curioso
Até!

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

Íta!

Passando por aqui...

Gostei da nova decoração, hehehe.

Grande abraço.

Priscila Lopes disse...

Bem interessante compartilhar essa postagem, viu?

Você conhece a Clotilde Zingali? Vc é de SC?

Adri.n disse...

Tem livros pro meu projeto aqui, eu quero!!! :P

Eu resolvi o problema dos parágrafos (santo blogspot) colocando postos brancos em cada espaço que quero deixar, nem dá pra notar a "gambiara" como diria meu pai, "só não espalha" que os direitos autorais são meus. rsrsrs