domingo, 30 de agosto de 2009

a mim

o pedro zambarda de araújo é um daqueles
amigos virtuais que nos dias de hoje
fazemos. é amigo com quem troco palavras
vez em quando. coisas pontuais.
pessoa inteligente ele. escreve pra caramba.
lê pra caramba. e sabe fazer bom uso do que
lê, do escreve, do que pensa.
_________
convidou-me, já há um tempo, para participar
de um blog que ele gerencia, o the blue writers.
é blog de poetas. não sou poeta. mesmo assim,
ele e os demais me aceitaram por lá.
________
e domingo passado fez ele um poema
dedicado a mim.
_____
é o que segue.
_____
é o meu reconhecimento ao gesto do
pedro. à poesia dele, cuidadosa, inteligente,
bem feita.
_ _ _ _ _ _
"Biblioteca
____
Marco o texto, decoro a página, cerro os olhos
Ao imaginar a desventura, a ternura
Protagonizada, a cena transporta
Minha mente com meus anseios,
Transborda sentimento.
____
Percorro as estantes de mofo,
As salas esterilizadas e modernas,
Descanso no registro abandonado,
Anestesio minha sede de invadir
Seu cérebro e colidir suas memórias.
____
Dedicado ao Ítalo Puccini, que tanto fala sobre leituras".
_ _ _ _ _
í.ta**

Um comentário:

Pedro Zambarda disse...

Não gosto muito do termo virtual. Soa como alguém impessoal e distante :]

Quero que saiba que, ao menos, o laço se cria pelos textos.

Forte abraço.