segunda-feira, 13 de julho de 2009

leituras I

durante esta semana postarei aqui trechos de livros (de contos, em sua maioria) que tenho lido.
chegaram livros novos na biblioteca do sesc, onde trabalho.
não consegui me segurar e agarrei alguns muitos por um tempo.
ficam aqui detalhes deles.
_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _




“Um bom conto é pico certeiro na veia”. (p. 9)

“ A tipinha de dois anos que passou a tarde com a avó:
- Pai, pai.
- Sim, filhinha.
- Xópi... compra... cartão...
A mesma pessoinha voltando da outra avó:
- Pai, pai.
- O que, filhinha?
- O Senhor é convosco”. (p. 10)

“A menina ao pai divorciado:
- Pai. Me diga, pai.
- Sim, filhinha.
- Você já tem namorada?
- Não. Ainda não.
- Sabe, pai...
- O que é?
- ... a minha mãe está livre”. (p. 15)

“Ao ler a traição de Capitolina, geme a santíssima Carolina:
- Ai, Machadinho. Que dirão as minhas amigas no chá das cinco?” (p. 76).

“Todinha nua, orgulhosa:
- Na cama em que me deito não cabe outra mulher” (p. 179)

“Maria, como é que você dobrou o João, esse flagelo das mulheres?”
- Não dobrei o João – eu dobrei os joelhos” (p. 229).

Autor: Dalton Trevisan
Livro: Pico na veia
Ano: 2002
Editora: Record.
_ _ _ _ _ _ _ _ _ _
Í.ta**

Nenhum comentário: