sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Forças contrárias

O delírio mergulhado no que chamam de real
Ou o contrário

Sou o filho do tempo
Logo mais o filho será meu tempo

Preocupo-me
Meus disfarces são agora poucos
Penso, penso e escolho o mesmo
Que sem graça!

Í.ta**
(de vez em quando arriscando alguns versos. o caminho é looongo, sim, sem dúvida. mas sempre vale tentar e rabiscar mais)

2 comentários:

Rubens da Cunha disse...

bem-vindo à messe poética, irmão.

:))

olha, vou deixar uns livros com o Carlo e peço para ele te dar um, afinal vc é meu leitor a tanto tempo que merece até medalha :))
provavelmente farei algum lançamento em jaragua, vai depender da programação do Carlos.

abraços
Rubens

Anônimo disse...

São Cipriano, debaixo do meu pé esquerdo eu te prendo ( WC). ( WC) eu te amarro, eu te mantenho pelo poder das 13 almas benditas e que não repouses enquanto estiveres longe de mim, que renuncie a outras mulheres e assuma o seu amor por mim, tenha os olhos e desejo somente pelo meu corpo e que me permita tocá-lo cada vez mais , que pense em mim a todo minuto desejando loucamente estar ao meu lado , que não sinta paz enquanto estiveres longe e me queira loucamente , esquecendo todas as mulheres que passaram e passarão e as que vão passar em sua vida , que o desejo de (WC) seja por mim, sua excitação e o seu amor , que não consiga se relacionar com outra pessoa , que não consiga ter desejo algum e que seja romântico e me ligue a todo momento , que me ame loucamente , que não sinta nada por outra e que fique louco de desejo por mim(WC). Aqui te prendo pelos poderes de São Cipriano . Assim seja. Antes de distribuir a 4 altares ou a 4 pessoas, escreva o nome dela debaixo do pé esquerdo e o sonho que tiver à noite não deverá contar a ninguém.