sexta-feira, 4 de agosto de 2006

Passar (questão de tempo)


Tudo passa...

O detalhe não está no final, mas sim, no processo em si. Logo, tudo passa, ok. Porém tudo isso que passa deixa, ou não, cicatrizes/seqüelas/marcas, algumas muito fortes e profundas, outras mais brandas, alegres, menos doloridas. A questão é o PROCESSO em si. É nele que se SENTE com o mais puro e sinceo sentimento. É dele que pode-se extrair a essência de "tudo que passa".

Í.ta **

Nenhum comentário: