sexta-feira, 11 de agosto de 2006

Dama de Branco

à J.C.E

Em ti tudo hoje reluz.

Tua imagem a mim
reflete
a paz.

Teu rosto -
(sorriso e olhar) -
alimenta-me o espírito,
resignifica-me o dia.

Tua essência irradia
a beleza só tua - única -
de teu SER.

A ti sou grato
por oportunizar em mim
esse sentimento (amor)
E por compartilhá-lo.

Í.ta **

Um comentário:

camila disse...

Por isso vc tava tão louco atrás dessa poesia, ela é maravilhosa! as úlimas estrofes, em especial .. =)